Notícias



30/07/21 - Concurso TJ RJ terá inscrições reabertas

No início deste ano, o tribunal garantiu que o concurso está mantido e que, inclusive, reabrirá as inscrições e o prazo de pagamento em momento adequado e seguro.

"No momento oportuno serão divulgados o cronograma ajustado e a reabertura do período de inscrição, com novo prazo de pagamento”, consta em nota enviada à reportagem.

Os interessados deverão efetuar o cadastro no site do Cebraspe, organizador. As datas para isso sairão em breve. 

Dessa forma, os candidatos devem manter a preparação para as provas. 

Concurso TJ RJ tem 160 vagas de técnicos e analistas

edital do concurso TJ RJ para área de apoio foi publicado em fevereiro de 2020. A oferta é de 160 vagas imediatas disponíveis, sendo 85 são técnico judiciário, carreira de nível médio.

As demais 75 oportunidades são para analista judiciário, que tem como exigência o nível superior em áreas específicas. Em março do ano passado, após o aumento de casos de Coronavírus no Estado, o tribunal suspendeu o concurso.

Desde então, não foi divulgado um novo cronograma para o concurso. O Cebraspe é a banca organizadora. 

Em maio deste ano, o TJ do Rio de Janeiro concedeu reajuste nos valores dos benefícios dos servidores. A partir disso, as remunerações iniciais dos aprovados no concurso TJ RJ serão:

Técnico judiciário (nível médio): R$5.750,06, sendo R$3.870,06 de vencimento básico, R$1.440 de auxílio-alimentação e R$440 de auxilio locomoção (R$20 por dia útil, considerando 22 dias úteis).

Analista judiciário (nível superior): R$8.253,89, sendo R$6.373,89 de vencimento básico, R$1.440 de auxílio-alimentação e R$440 de auxilio locomoção (R$20 por dia útil, considerando 22 dias úteis).

Analista – Execução de Mandados - Oficial de justiça (nível superior): R$10.166,05, já que esses servidores recebem também a Gratificação de Atividade Externa (GAE), que representa 30% sobre o vencimento oferecido ao cargo (R$1.912,16).

Com a retomada do concurso, a expectativa é que as inscrições sejam reabertas pelo site do Cebraspe. A taxa é R$80 para técnico judiciário e R$100 para analista judiciário.

Quem já realizou a inscrição em 2020 e efetuou o pagamento da taxa não precisará repetir o processo. As candidaturas permanecerão válidas. 

Estrutura de provas será mantida com a retomada

estrutura de provas e as disciplinas do concurso serão mantidas. Todos os candidatos serão avaliados por provas objetivas com 60 questões de múltipla escolha, sendo 20 de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos.

Somente os inscritos a analista judiciário ainda passarão por provas discursivas. A etapa consistirá na elaboração de um texto a respeito de temas relacionados aos conhecimentos específicos de cada especialidade. 

Os exames, conforme o edital publicado em 2020, serão realizados nas seguintes cidades: Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaguaí, Itaperuna, Niterói, Nova Friburgo, Petrópolis, Rio de Janeiro, Vassouras e Volta Redonda.

O valor total do exame é de 60 pontos, sendo habilitado quem obtiver o mínimo de 10 pontos em Conhecimentos Gerais e 20 em Conhecimentos Específicos. Os classificados a analista ainda passarão por análise de títulos. Confira a estrutura das provas a seguir:

Prova objetiva de técnico judiciário - 60 questões

Conhecimentos Gerais - 20 questões
Língua Portuguesa
Ética no Serviço Público
Noções dos Direitos das Pessoas com Deficiência
Legislação Especial

Conhecimentos Específicos - 40 questões
Noções de Direito Administrativo
Noções de Direito Constitucional
Noções de Direito Processual Civil
Noções de Direito Processual Penal
Legislação

Prova objetiva de analista judiciário - 60 questões

Conhecimentos Gerais - 20 questões
Língua Portuguesa
Ética no Serviço Público
Noções dos Direitos das Pessoas com Deficiência
Legislação Especial

Conhecimentos Específicos - 40 questões
Variam de acordo com a área (consulte no subitem 16.2.3 do edital)